Cada quadro alimentar exige um olhar diferente e específico para a condução do tratamento, mas em todos os casos minha abordagem segue a linha de Nutrição Comportamental, que trabalha a mudança dos comportamentos alimentares, com o uso de técnicas especificas, cientificamente reconhecidas e aplicadas, como: entrevista motivacional, comer com atenção plena (mindful eating), comer intuitivo, ferramentas da terapia cognitivo comportamental, entre outras.

Entrevista Motivacional

Tem como objetivo explorar as motivações internas para a mudança de um determinado comportamento. Nesta técnica, metas viáveis, de acordo com o contexto de vida atual do paciente, são propostas em parceria com o nutricionista.

Comer com atenção plena

É uma técnica que tem como base o “Mindfullness” ou atenção plena. A técnica se amplia para o ato de comer, em que meditações guiadas levam o indivíduo a prestar atenção às sensações físicas e emocionais, levando-o à reflexão e maior consciência sobre a forma de se alimentar, e suas escolhas alimentares.

Comer intuitivo

Proposta baseada em dez pilares, que tem como objetivo levar o paciente a reconhecer e responder a seus sinais de fome e saciedade adequadamente.

Terapia Cognitivo Comportamental

O nutricionista pode utilizar ferramentas desta técnica para auxiliar seus pacientes a reconhecerem crenças e pensamentos disfuncionais, que os levam comer de maneira inadequada.